Como-a-analise-de-dados-pode-melhorar-resultados-na-industria

Como a análise de dados pode melhorar resultados na indústria?

Marcas estabelecidas no mercado podem ser substituídas nos próximos 10 anos. Tudo depende da sua habilidade de se adaptar e se reinventar, considerando a transformação digital que ocorre no mercado. É nesse contexto que a análise de dados passa a ser parte da estratégia de crescimento das empresas e indústrias.

A análise de dados impacta a forma como empresas e indústrias funcionam, revelando novas maneiras de atender as demandas do consumidor. Na indústria 4.0, onde surgem oportunidades em todos os estágios da jornada do consumidor, a tecnologia faz as necessidades em cada um deles mudar rapidamente.

Por isso, as empresas precisam encontrar formas de colher dados sobre seus consumidores e as tendências de mercado. Um detalhe importante é que as próprias necessidades estão em constante evolução.

Se em um determinado momento a indústria estava fabricando smartphones cada vez menores, no outro, precisou fabricar aparelhos maiores para aumentar a resolução de tela.

Além de coletar informações pertinentes à linha produtiva, as ferramentas da indústria 4.0 também podem ajudar a entender os padrões de consumo. Conheça, agora, alguns indicadores e dados para realizar a análise de dados na indústria.

Por que a análise de dados do consumidor é importante?

Outros setores da economia estão mais desenvolvidos na interação digital com o consumidor do que a indústria. O setor de serviços, por exemplo, investe constantemente em marketing e atendimento digital para melhorar a satisfação do cliente. Portanto, parece que eles têm maior acesso a informações sobre o público final que a indústria conseguiria.

No entanto, essa ideia está incompleta. Para estar na indústria 4.0, é preciso utilizar informações do mundo físico, analisá-las e tomar ações inteligentes. É um ciclo de reações baseadas em dados, que ajudam a melhorar a eficiência de processos.

Através da análise de dados do consumidor, um negócio consegue até mudar sua proposta de valor. Em vez de ter o preço como diferencial competitivo, a indústria consegue oferecer produtos direcionados por dados. É possível antecipar tendências de mercado e surpreender com novidades.

Melhores formas de obter dados do consumidor

Os dados do consumidor são a melhor forma de desenvolver produtos relevantes para o mercado. Existem diversas maneiras de conseguir coletar e realizar análise de dados dos compradores finais, especialmente em uma indústria 4.0 completamente conectada.

Sempre que um consumidor interage com uma marca, ele gera dados. Isso pode acontecer através de seus distribuidores ou fornecedores, ou ainda no site, no e-mail, nas redes sociais e no atendimento. Mesmo aquelas ligações para reclamar ou pedir assistência técnica para o produto fabricado podem ser fontes importantes de feedback e dados.

Quando você começar a pesquisar possíveis fontes de dados, perceberá que fica até difícil decidir em quais delas focar. São muitas informações disponíveis que podem ou não ser importantes para a indústria.

Antes de decidir, é possível começar separando os dados em demográficos e informações quantitativas de venda e consumo.

  • Dados demográficos: ajudam a definir quem é a pessoa que compra seu produto e o utiliza na rotina. Pode incluir, faixa etária, gênero, faixa de renda, entre outros;
  • Informações quantitativas de venda e consumo: dados a respeito da venda e uso de produtos podem ser levantados com pesquisas de mercado ou com o uso de bases de dados de fornecedores e distribuidores.

Usando esses dados com estratégias de analytics, sua indústria estará pronta para entender melhor o mercado no qual atua.

Alertas de performance de produtos

Quem trabalha com produtos conectados tem uma fonte importantíssima de dados: os alertas de problemas e performance. Através das informações de problemas comuns, é possível compreender melhor como o cliente utiliza o produto e criar formas de melhorar a experiência dele.

Os alertas de performance também podem vir de distribuidores, quando um cliente busca ajuda para problemas técnicos. A análise de dados de performance deve ajudar tanto o departamento produtivo, para melhorar a qualidade e evitar problemas frequentes, quanto setores de planejamento.

Entendendo a forma de uso do consumidor final, a indústria consegue criar produtos que atendem suas necessidades de maneira ainda melhor. Portanto, não ignore informações de performance, independentemente da sua origem.

Pesquisas de mercado

De acordo com o Sebrae, a pesquisa de mercado é um passo essencial para eliminar incertezas do negócio. Não importa se o empreendimento é novo e ainda precisa descobrir seu público ou se já está estabelecido no mercado. Ele pode e deve aproveitar as pesquisas de mercado para conseguir uma boa análise de dados.

Essa pesquisa pode trazer tanto dados demográficos sobre o consumidor de um produto, quanto informações quantitativas. Elas auxiliam na hora de analisar a eficiência do item produzido na indústria e identificar seu papel no mercado em comparação a outros produtos.

Ainda mais importante, é possível descobrir novas tendências no mercado e seu desenvolvimento. Assim, a indústria consegue parar de seguir modas ditadas pelos negócios mais estabelecidos e conquistar seu próprio nicho no qual a concorrência é pequena e mal desenvolvida.

Enquanto empresas de grande porte possuem departamentos internos para pesquisa, a maioria é incapaz de realizar isso sozinha. Para conseguir obter dados confiáveis sobre seu público, é possível recorrer a outras empresas especializadas em pesquisa e consultoria. Departamentos governamentais, como o IBGE, também fornecem dados importantes, assim como universidades.

Informações de busca

No varejo, boa parte do processo de compra acontece antes mesmo do consumidor entrar em contato com a loja. Ao contrário do que muitos pensam, compradores de empresas B2B já estão seguindo a mesma tendência e utilizam as buscas online com frequência.

Quem deseja acompanhar as tendências de mercado precisa entender as buscas online do consumidor, seja ele final ou outra indústria. Para conseguir dados, é possível aproveitar informações do próprio site da empresa ou até de concorrentes.

Existem formas de identificar as palavras-chave mais pesquisadas para compreender melhor quais são as necessidades do consumidor.

A análise de dados de busca ajuda a melhorar o processo de venda, produção e até pós-venda. Ela  mostra quais são as dúvidas mais comuns e, algumas vezes, problemas em relação um produto específico.

A indústria 4.0 é totalmente marcada pelo uso de dados para tomada de decisões e ações inteligentes. Portanto, é essencial aproveitar o volume de informações disponíveis para entender o consumidor e trabalhar com foco no que ele pensa, quer ou ainda nem sabe que quer.