UOL DIVEO anuncia contrução de mais uma Data Center em Tambore

UOL DIVEO anuncia construção de mais um Data Center em Tamboré

O município de Tamboré (SP) foi novamente escolhido pelo UOL DIVEO para a instalação de data center, que deve ser inaugurado em 2020.
Atuando no setor de data center desde 2000, o UOL DIVEO, que faz parte do Grupo UOL, empresa brasileira de conteúdo, produtos e serviços de internet, estableceu no município seu maior data center no país, em 2011. Além da unidade em Tamboré, o UOL DIVEO conta com outros três sites: Glete, Itaim Bibi e Barão de Limeira.
Com aproximadamente 30 mil m² instalados, sendo 40% de piso elevado, o Data Center Tamboré,  recentemente ganhou três novas salas. As novas salas de um dos maiores parques do país estão montadas para até 340 racks, com uma capacidade de mais de 10 kVA para cada um deles, o que significa uma alta densidade de energia. Com os três novos espaços, o Data Center Tamboré passou a contar com sete salas, condição que o posiciona entre os maiores do país.
Entre os benefícios obtidos com a ampliação do data center, estão maior eficiência energética, onde a empresa apostou por uma nova linha de UPS de alto rendimento. Priorizando a utilização de baterias de Íon de Lítio, que garantem maior disponibilidade de energia elétrica.
Construído de acordo com os requisitos recomendados pelo Uptime para Tier III, o data center conta com as seguintes certificações:
•  PCI Colocation: que comprova conformidade com requisitos do PCI para o Serviço de Colocation, que constitui em fornecimento de espaço, energia, climatização e infraestrutura nos Data Centers Glete e Tamboré.
•  ISO 20.000: selo que visa a implementação e manutenção de um Sistema de Gestão de Serviços, sendo o escopo definido os serviços de Colocation, Hosting, Telecom, Outsourcing, Segurança e Cloud dos data centers Glete e Tamboré.
•  ISO 9.001:  certificação que visa a implementação e manutenção de um Sistema de Gestão de Qualidade, sendo o escopo definindo os serviços de Colocation, Hosting, Conectividade, Outsourcing, Segurança e Cloud dos Data Centers Glete e Tamboré.
•  ISO 27.001: que atesta a implementação e manutenção de um Sistema de Gestão de Segurança da informação do serviço de MSS (Serviços Gerenciados de Segurança), Infraestrutura de Rede, Física e Ambiental dos Data Centers Glete e Tamboré.
•  ISAE 3402 e SSAE16: avaliação anual feita por uma entidade independente para emissão do relatório ISAE 3402 (International Standard for Assurance Engagement) e SSAE 16 (Statement on Standards for Attestation Engagements). Este relatório é aplicável a prestadores de serviços de TI, cujo resultado é o parecer de um auditor sobre o desempenho da empresa com relação a seus controles internos de TI, garantindo a eficiência dos mesmos. Sendo aplicado aos data centers Glete e Tamboré.
Em entrevista, o Chief Technology Officer do UOL DIVEO, Cleyton Ferreira, fala sobre o    mercado brasileiro de data center e a intenção de empresa do grupo UOL de abrir mais um data center em Tamboré (SP), em 2020. Confira.
DatacenterDynamics: Como o UOL DIVEO avalia o mercado brasileiro de data center hoje? 
Cleyton Ferreira: O mercado brasileiro, que passou por um momento de estagnação, está, agora, em aquecimento. Diversos projetos de expansão têm chegado, o que nos motiva a fazer investimentos nessa área.
DCD: Por que construir um novo data center?
C. F.: Pelo aumento da demanda e procura. O Grupo UOL investirá algumas centenas de milhões de reais neste projeto.
DCD: Por que instalar mais um data center em Tamboré? 
C. F.: Porque assim aproveitamos toda infraestrutura de conectividade e oferta de energia.
DCD: Que características técnicas (refrigeração, elétrica, monitoramento ou outros) você destaca no projeto? 
C. F.: Estamos trabalhando com um projeto moderno que possibilitará uma alta densidade elétrica por rack, 10 KVA. Monitoramento de última geração seguindo o que já está sendo feito nos outros data centers da empresa.
DCD: Com relação ao cabeamento, o data center possui anel de fibra óptica? 
C. F.: Teremos abordagem dupla para os serviços de telecomunicação. Isto possibilitará interligar o novo data center via anel aos demais data centers da empresa.