Saiba porque a carreira de cientista de dados é considerada a profissão do futuro

Saiba porque a carreira de cientista de dados é considerada a profissão do futuro

Você provavelmente já deve ter clicado naquele recurso do LinkedIn “Pessoas que talvez você conheça”, correto? O que talvez seja uma novidade é que um simples link como aquele atingiu uma taxa de cliques 30% maior do que a registrada por outros recursos que direcionavam o usuário para outras páginas do site. Gerou milhões de pageviews e foi decisivo para crescimento da maior rede social de profissionais do mundo.

Essas e outras descobertas são atribuídas a um novo perfil de profissional: o cientista de dados,  uma atividade que vem crescendo a passos largos no mundo inteiro, sobretudo graças a conceitos como Big Data e Ciência de Dados. Muitos profissionais estão atentos a esse movimento e buscam entender como aproveitar o conhecimento que já possuem para se enveredar nesta carreira, que vem dominando o cenário de contratações nos Estados Unidos e Europa.

Quais são as habilidades imprescindíveis ao cientista de dados. E quais os conhecimentos que fazem dele um profissional tão procurado?

 

Quem são eles?

Esses profissionais, em sua maioria, começaram suas carreiras como estatísticos ou analistas de dados. Mas conforme o Big Data (e as tecnologias como o Hadoop) começaram a crescer e evoluir, esses papéis também se transformaram. Os dados passaram a exigir análise, curiosidade criativa e um talento especial para traduzir ideias de alta tecnologia em novas maneiras de obter lucro.

O cientista de dados também tem origens acadêmicas. Há alguns anos, as universidades começaram a reconhecer que os empregadores queriam programadores e pessoas que tivessem espírito de equipe. Os professores ajustaram suas aulas para acomodar isso – e alguns programas, como o Institute for Advanced Analytics, na North Carolina State University, preparam-se para produzir a próxima geração de cientistas de dados. Existem hoje mais de 60 programas semelhantes em universidades nos EUA.

 

O mercado de trabalho

A função de cientista de dados é uma das mais requisitadas no mercado de trabalho. Segundo pesquisa realizada pela Michael Page, esses profissionais estarão entre os mais procurados no segmento de TI nos próximos dois anos.

Outro levantamento, do site norte-americano CareerCast, especializado em carreiras e emprego, colocou a profissão como uma das cinco mais promissoras de 2017. O Fórum Econômico Mundial também considerou a profissão como uma das carreiras mais relevantes.

Mas apesar de tanta empolgação, segundo a revista Harvard Business Review, a profissão cientista de dados está em alta, mas ainda é rara no Brasil. Isso porque não é simples encontrar profissionais que atendam aos três principais conhecimentos exigidos aos profissionais: conhecimentos de programação, estatística/matemática e visão de negócios.

 

Quando contratar um cientista de dados?

A essa altura você pode estar se questionando se a sua empresa precisa de um cientista de dados.

As organizações que realmente precisam desse profissional têm duas coisas em comum: gerenciam enormes quantidades de dados e enfrentam questões importantes diariamente.

Portanto, para responder a essa pergunta é importante refletir sobre alguns pontos:

  •      Qual a importância da análise dos dados para o seu negócio?
  •      Sua empresa tem um ambiente que suporta o uso de analytics?
  •      Os dados são transformados em insights para transformar o negócio?

Não há dúvidas sobre a capacidade da ciência de dados em transformar indústrias e modelos de negócios tradicionais. O conceito de machine learning é um bom exemplo de aplicação, pois permite prever problemas futuros ao usar algorítimos e análise de padrões de dados para identificar e indicar soluções efetivas para problemas de negócios.

Mas é preciso se certificar de que a companhia realmente tem a mentalidade preparada para fazer algumas mudanças e está focada no processo de inovação. Caso contrário, o investimento não fará o menor sentido.

Sendo assim, analise o planejamento estratégico do seu negócio e considere a contratação desse profissional, se a meta da sua empresa for crescer com base na transformação digital.