Quem mexeu na minha memória?

Chegamos no momento em que a virtualização não é mais novidade, você já possui um ambiente virtual, e boa parte do seu ambiente já está rodando em uma plataforma de virtualização. Parabéns!

Agora, houve aquele dia que você abriu o gerenciador de tarefas do seu Windows Server e se deparou com algo assim?

5140.clip_image002_thumb_420795F0

 

Não vou falar para você ficar tranquilo, de forma alguma, afinal, em algum momento isso pode se tornar um problema para o seu ambiente. Mas afinal, o que é está consumindo a memória do seu servidor? Você naturalmente vai na guia “Processes” para encontrar o vilão e…

1157.clip_image004_thumb_65C5DEEC

Não encontra o vilão!

Para identificar em qual cenário de problema onde você se encontra, você deve utilizar uma ferramenta chamada RAMMap. Após realizar o download da ferramenta para o seu servidor, abra a ferramenta, e observe como está o uso da memória pela memória virtual marcada como Driver Locked:

3666.clip_image006_thumb_12DACBBB

Pronto! Achamos o vilão!

Não se assuste, embora seja necessário um conhecimento mais especializado investigar algumas causas do uso de memória virtual, a alocação da memória por Driver Locked é comum em ambientes virtuais. Esse comportamento é gerado por recursos do próprio virtualizador, quando utilizado o VMWare, o Balloon é o responsável por essa alocação de memória, quando utilizado o Hyper-V o responsável é o Dynamic Memory.

Talvez isso não seja um problema, mas sim, uma característica da sua infraestrutura virtual. Isso geralmente ocorre quando fazemos overcommit de memória, basicamente, quando alocamos mais memória do que temos disponível para a VM.

Caso o seu ambiente este apresentando degradação neste cenário, duas ações são possíveis:

  • Redimensionar a configuração de memória das suas máquinas virtuais menos críticas, privilegiando o ambiente mais crítico para o negócio, ou;
  • Realizar upgrade de hardware.

Existe uma terceira alternativa, para clientes de ambientes UOLCLOUD, basta realizar o upgrade de µVM’s.

Fernando Souza

Profissional com mais de 10 anos de experiência em Operações de TI, trabalhando como especialista em tecnologias Microsoft, Linux e Armazenamento. Atualmente ocupa a posição de Gerente de Operações do UOL DIVEO.